CUSTOS DE PRODUÇÃO E MENSURAÇÃO AO VALOR JUSTO NA SUINOCULTURA (Edição 20 – Ano 1_2017)

A atividade de suinocultura envolve ativos classificados como biológicos, cujo tratamento contábil é disciplinado pela NBC TG 29 (R2) – ATIVO BIOLÓGICO E PRODUTO AGRÍCOLA.

O conceito de ativo biológico, conforme a NBC TG 29, é um animal e/ou uma planta vivos, portanto, os suínos, enquanto vivos, enquadram-se no conceito de ativo biológico.

Na atividade de suinocultura determinados animais podem não ser contabilmente classificados como estoques, como é o caso de animais destinados ao trabalho ou reprodução, os quais classificam-se como imobilizado.

Considerando o objetivo do presente boletim, de abordar aspectos relacionados com os custos de produção e critérios de mensuração da suinocultura, vamos considerar um ciclo produtivo completo, desde a inseminação até o abate.

O primeiro ciclo de produção vamos denominar de gestação, iniciado pela inseminação das matrizes, as quais se encontram registradas no imobilizado. Com a inseminação se tem os custos iniciais, a partir do que se agregarão todos os demais gastos que puderem ser vinculados ao processo de produção, sendo relevante considerar que custos de produção são os gastos necessários para produzir, os quais podem ser classificados como custos diretos, indiretos, fixos e variáveis.

Nessa primeira etapa do processo de produção, denominada gestação, diversos outros custos são incorridos, desde a alimentação , medicação, manejo, depreciação de instalações e das matrizes, entre outros. Todos esses custos devem ser registrados em conta de estoques que pode ser denominada de “Custos de Produção Suinocultura – Gestação”, sendo necessário, logicamente, controles adequados, haja visto que em um processo de produção, a depender da dimensão do negócio, terá matrizes sendo inseminadas todos os dias e também parindo leitões.

DM 30 anos

Erni Dickel
Sócio Responsável Técnico
DICKEL e MAFFI – Auditoria e Consultoria SS

(…) Para acessar o conteúdo integral deste informativo, siga as orientações a seguir:

JÁ É NOSSO CLIENTE?

Para ler este conteúdo na íntegra, acesse o Portal do Cliente e acesse a Pasta SECRETARIA. Você vai encontrar esta e todas as demais Edições anteriores.


AINDA NÃO É NOSSO CLIENTE?

Para ler o conteúdo na íntegra, envie sua solicitação para este e-mail e faça seu Cadastro da News para receber as próximas Edições completas.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: