VENDAS COM PREÇOS A FIXAR (Edição 15 – Ano 1_2017)

Neste contexto entra o importante papel da contabilidade, pois, se estas operações não forem reconhecidas e mensuradas adequadamente, poderão provocar distorções relevantes nas demonstrações das cooperativas. Desta forma, a seguir descrevemos a metodologia de reconhecimento e mensuração que acreditamos estar mais próxima ao que preveem as normas, e por consequência, resultam em informações de melhor qualidade, destacamos também alguns aspectos que consideramos importantes na avaliação destas operações.

Conceito

Podemos conceituar a operação de venda com preço a fixar como: Operação em que é contratada a venda de um determinado volume de produto com preço sujeito a variações de acordo com o mercado. Nestas operações é o vendedor que define o momento em que o preço será fixado, e o preço efetivo será o valor de venda praticado no mercado ativo na data em que for tomada a decisão pela fixação. Normalmente no contrato também é definido o prazo limite para entrega do volume comercializado, bem como, um período limite para a fixação do preço.

Reconhecimento

Com base nos termos definidos em contrato a cooperativa (vendedora) efetua a entrega do volume de produto comercializado ao seu cliente, mas como o preço definitivo será fixado futuramente, as notas ficais são emitidas com valor simbólico, que normalmente é inferior ao valor de venda praticado no mercado no momento do embarque do grão. O reconhecimento da receita, na ocasião da entrega do produto, é necessário em face a todos os requisitos previstos no item 9 da NBC TG 47 do CFC terem sido atendidos, portanto, com base nas notas fiscais de venda sugerimos a seguinte contabilização:

Fioravante Luiz Cominetti
Sócio Responsável Técnico

DICKEL e MAFFI – Auditoria e Consultoria SS

(…) Para acessar o conteúdo integral deste informativo, siga as orientações a seguir:

JÁ É NOSSO CLIENTE?

Para ler este conteúdo na íntegra, acesse o Portal do Cliente e acesse a Pasta SECRETARIA. Você vai encontrar esta e todas as demais Edições anteriores.


AINDA NÃO É NOSSO CLIENTE?

Para ler o conteúdo na íntegra, envie sua solicitação para este e-mail e faça seu Cadastro da News para receber as próximas Edições completas.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: