TRANSFERÊNCIAS INTERNAS (Edição 11 – Ano 1_2017)

Esse tema tem sido objeto de discussões no ambiente das cooperativas, especialmente nas agropecuárias. Consideramos muito pertinente de ser analisado e debatido a medida que valorizamos a informação gerencial proveniente da contabilidade.

O tema será analisado a luz de duas situações práticas, a saber:
Primeira:
Cooperativa recebe produtos agrícolas de seus cooperados para os fins de comercialização, mas como também opera com uma indústria, no caso um moinho de trigo, acaba por manter estoques para suprimento das necessidades de matéria prima por um longo período.
Segunda:
Cooperativa fabrica rações para o atendimento das necessidades de consumo nas atividades dos seus cooperados e transfere toda a produção para ser comercializada nas suas diversas filiais, onde são realizadas as atividades de comercialização de insumos agropecuários.

Alguns dos aspectos que nos parecem pertinentes considerar, referem-se a:
a) As unidades armazenadoras arcam com custos de recebimento, limpeza, classificação, armazenamento e expedição, além dos riscos relacionados com a estocagem.
b) As mesmas unidades armazenadoras, via de regra, são as que adquirem os produtos armazenados, incorrendo na aplicação de recursos financeiros que podem, a depender de cada cooperativa, serem base de alocação de custos financeiros.
c) As unidades industriais, se não tivessem a sua disposição as estruturas de armazenamento em outros locais teriam que investir nessas estruturas ou suprir suas necessidades de matéria prima mediante aquisições a preço de mercado a medida que fossem consumindo.
d) Tanto a fábrica de rações quanto as unidades de recebimento e armazenamento de grãos, como unidades de negócio, devem ter seu desempenho medido, seja através de receitas da prestação de serviços ou de margens de comercialização da produção.
Outros aspectos poderiam ser listados, mas acreditamos que sejam suficientes para desenvolver o raciocínio desejado.

DM 30 anos

Erni Dickel
Sócio Responsável Técnico
DICKEL e MAFFI – Auditoria e Consultoria SS

(…) Para acessar o conteúdo integral deste informativo, siga as orientações a seguir:

JÁ É NOSSO CLIENTE?

Para ler este conteúdo na íntegra, acesse o Portal do Cliente e acesse a Pasta SECRETARIA. Você vai encontrar esta e todas as demais Edições anteriores.


AINDA NÃO É NOSSO CLIENTE?

Para ler o conteúdo na íntegra, envie sua solicitação para este e-mail e faça seu Cadastro da News para receber as próximas Edições completas.


Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: